Domingo, 5 de Julho de 2009

...

A última pesquisa feita neste blog para escolha de um assunto para estudos teve como resultado em segundo lugar o tema ovóides.
Como este tema teve votos expressivos, resolvi abordá-lo também.
Para podermos entender seu significado, suas causas e conseqüências, precisamos em primeiro lugar voltar à definição de perispírito:

Perispírito: é uma espécie de envoltório semimaterial que prende o corpo ao espírito, acompanha o espírito no desencarne, não sendo, portanto perecível como o corpo. É o que permite os fenômenos de materializações, e permite que o espírito pelo pensamento, dele faça uso no plano espiritual agindo sobre os fluidos como agimos sobre as coisas materiais.
Em outras palavras, o perispírito seria um “corpo espiritual”, igual ao corpo físico, constituído de um tipo de matéria muito sutil, invisível aos nossos olhos. Ele acompanha o espírito após o desencarne, ficando aqui apenas o corpo carnal.

Precisamos recordar também, que somos constituídos de um corpo físico, o perispírito e o espírito, além do corpo mental que é uma espécie de molde para o perispírito quando este sofre mutilações dolorosas no desencarne.
É através deste molde que ele pode ser reconstituído.
Importante relembrar também o conceito de obsessão:

Allan Kardec define obsessão como sendo a "ação persistente que um Espírito mau exerce sobre um indivíduo." [ESE-cap XXVIII].
Esta definição apresentada pelo Codificador dá margem a vários comentários:
- A obsessão é sempre um processo mantido, contínuo, persis­tente onde as forças em litígio estão se enfrentado num processo bem estabelecido. Não se reconhece como obsessão aquelas condições fortui­tas, ocasionais, onde assimilamos pensamentos infelizes de forma breve e sem grandes conseqüências.
- A qualificação de Espírito mau, apresentada por Kardec, deve ser bem entendida. O obsessor, na realidade, não é um Espírito mau, como se entende este adjetivo, mas sim, uma entidade em sofrimento, com defeitos e virtudes, capaz de grandes atitudes afetivas para com outras pessoas. É, sobretudo, alguém que foi ferido, magoado, humi­lhado no passado e que por sofrer tanto, quer fazer os outros sofrerem também.
- Em muitas oportunidades a obsessão não estará sendo organi­zada por um único Espírito, mas sim, por uma falange de Espíritos.
- A obsessão pode atingir não apenas um indivíduo, mas toda uma coletividade, uma família, uma cidade.


Sendo o perispírito extremamente maleável, torna-se facilmente modificável pela ação do pensamento do desencarnado em sofrimento.
Tendo este, motivo que o leve a buscar sua vítima encarnada a qual pode ser um desafeto de outras eras, movido pelo desejo de vingança, mágoas, ódio, ou até pelo amor extremado, passa a obsediá-la com pensamentos deletérios e persistentes, situação que se não for devidamente tratada, pode levar a vitima à morte.

Como um corpo espiritual pode transformar-se em um ovóide?

Procurei uma resposta completa e simplificada, vejam:

“Estágio de degradação a que chegam certos espíritos sofredores-obsessores. O espírito, ligado ao obsediado, de maneira intrínseca no seu afã de prejudicar, adquire uma forma ovóide assemelhando-se á um ovo de consistência indefinida que se "cola" no corpo de seu alvo distorcendo-lhe pensamentos, opiniões e agindo incessantemente para lhe proporcionar toda sorte de infortúnios. A ligação de um obsessor ao obsediado no nível de ovóide, apesar de não muito freqüente, acontece mais do que se imagina. Ela ocorre quando há uma ligação cármica de dois espíritos em um nível avançadíssimo. Sob vidência, um indivíduo sofrendo a ação de um ovóide aparece com uma "massa" humana colada ao corpo, geralmente nas costas ou na região do abdome. Um ovóide, além da obsessão psicológica propriamente dita, age, drenando as forças do obsidiado até levá-lo á morte. No trabalho de desobsessão se faz possível subtrair um ovóide de uma pessoa, apesar da grande dificuldade e das inúmeras sessões a serem realizadas, mas há casos de fracasso ao término de anos de sessões. O que mostra o nível de ligação entre perseguidor e perseguido”.

Desta maneira, percebemos que é um tipo grave de obsessão através da qual o corpo perispiritual sofre profundas modificações (pela ação do pensamento), fazendo com que os órgãos perispirituais voltem-se instintivamente para a sede do governo mental, onde ficam, ocultos e definhados, no âmago dos pensamentos viciosos, em circuito fechado sobre si mesmos, como jazem latentes todas as formas de vida entre as paredes do ovo, ou como uma semente traz latente a árvore que será no futuro.

Estão acompanhando? Estou tentando simplificar ao máximo.

Alguns espíritos obsessores utilizam-se destas formas ovóides, imantando-as ao corpo espiritual ou perispírito de suas vitimas encarnadas.
Instala-se daí em diante o parasitismo espiritual.
O obsidiado a partir de então, após ter atraído e aceitado pela sua freqüência vibratória estes parasitas, passa lentamente a perder contato com sua vida mental, e influenciado pelas vibrações deletérias emitidas pelos obsessores, passa a ver e ouvir os clichês mentais emitidos pelos ovóides, estabelecendo-se uma simbiose doentia e perigosa.

Posto isso, a obsessão é um fenômeno que causa sofrimento demasiado, estando, assim, na raiz de grande parte das depressões, angústias e transtornos psicológicos.

Tratamento:

Para o tratamento da obsessão, o indivíduo deve procurar uma Casa Espírita a fim de fazer um tratamento de Desobsessão com o intuito de que o espírito obsessor seja fraternalmente esclarecido e siga o seu caminho. Ressalta-se que tal procedimento é realizado por uma equipe devidamente habilitada constituída de doutrinadores, médiuns e sustentadores, para que o espírito adquira consciência e liberte-se da situação do modo mais tranqüilo possível. Quanto ao encarnado, assistir palestras espíritas, usufruir do passe, manter pensamentos edificantes, ter uma paisagem mental positiva perante a vida, estudar e entender a Vida Maior, ter uma palavra impecável, entregar-se à caridade em todos os momentos, fazer da vida uma oração constante, etc., são os meios de elevar a faixa vibratória e curar-se da obsessão. É a reforma íntima que cada um de nós deve promover em si, mantendo o pensamento elevado, com falas e atitudes corretas em todos os contextos. Tal problemática é do interesse de todos nós e, assim, lembremos da frase de Jesus:

"Orai e vigiai".

Indica-se, para não iniciantes na Doutrina Espírita, além das obras básicas, a leitura das obras de Joanna de Ângelis (Triunfo Pessoal e Elucidações Psicológicas à Luz do Espiritismo – psicografadas por Divaldo Franco) e Manoel Philomeno de Miranda (Nos Bastidores da Obsessão, Nas Fronteiras da Loucura, Loucura e Obsessão, Trilhas da Libertação, Painéis da Obsessão, Tormentos da Obsessão e, Sexo e obsessão – psicografados por Divaldo Franco).

Para os iniciantes na Doutrina Espírita indica-se O Livro dos Espíritos (Allan Kardec), O Livro dos Médiuns (Allan Kardec), Desobsessão (André Luiz/Francisco Xavier) e Transtornos Mentais (Suely Caldas Schubert).

E os ovóides?

Quanto aos ovóides, serão imensamente beneficiados com uma nova encarnação, para que possam assim, plasmar novamente o perispírito juntamente com o novo corpo que se forma.

Amigos, como podem perceber não se encerra aqui o assunto, tão extenso e complicado que é.
Fiquei pensando se o bebê formado a partir de um ovóide será uma criança em perfeitas condições físicas e espirituais...
Mais pesquisas terei que fazer, o que comprova uma vez mais que quanto mais se lê mais se percebe o quanto ainda temos a aprender...

Fontes:


http://www.oespiritismo.com.br/obsessao.php
http://www.cvdee.org.br/em/em18.rtf
http://www.guia.heu.nom.br/ovoides.htm
Livro: Obsessão/Desobsessão – Suely Caldas Schubert

tags:
PUBLICADO POR SÉRGIO RIBEIRO às 23:29

LINK DO POST | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.MAIS SOBRE MIM

.PESQUISAR NESTE BLOG

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27

.POSTS RECENTES

. FÉ RACIOCINADA

. COISAS TERRÍVEIS E INGÊNU...

. CAIM FUNDOU UMA CIDADE SE...

. OS HERÓIS DA ERA NOVA

. CONFLITOS E PERFEIÇOAMENT...

. GRATIDÃO: UM NOVO OLHAR S...

. PERDÃO DE DEUS

. A FÉ: MÃE DA ESPERANÇA E ...

. NO CRISTIANISMO RENASCENT...

. EM PAUTA – A TRISTE FESTA

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds