Quinta-feira, 24 de Março de 2011

ESPIRITISMO

"...Que te importa a ti? Segue-me tu."
Jesus (João, 21:22).
É muito comum ouvirmos de pessoas que não conhecem o Espiritismo que fulano freqüenta o "espiritismo de terreiro", sicrano é da linha do "espiritismo de umbanda", ou ainda que beltrano pratica o "baixo espiritismo."
Espiritismo não é, como muita gente pensa, uma religião onde os adeptos dedicam-se unicamente a receber comunicações daqueles que os precederam na viagem do além-túmulo, para sanar curiosidades ou resolver problemas materiais. Aliás, para o seguidor dessa doutrina isto é o que menos importa. O que mais preocupa os espíritas é a evolução integral do homem espiritual, embora não sejam alheios às necessidades do homem material.
O espírita não aceita pagamentos por "favores" conseguidos por seu intermédio. Ele cumpre à risca o "Daí de graça o que de graça recebestes." Tudo isso porque existe dentro dele a vontade insaciável de ajudar aos irmãos menos favorecidos. E é com este procedimento que vamos mais e mais correligionários engrossando a fileira dos trabalhadores que dão o seu testemunho a esta seara cristã.
Sempre que ouvir, caro leitor, referências que dividam o Espiritismo em "baixo" ou "alto", de "mesa branca" ou "escura" procure esclarecer, lembrando que os rituais, imagens e alegorias são objetos do plano material e que não têm razão de existir em uma doutrina que oferece ensinamentos profundos, porém acessíveis a todos os níveis culturais. Acrescente que o Espiritismo é filosofia que proporciona a maneira exata de encarar a vida, respondendo-nos os porquês de nossos problemas, é ciência que vem mostrar quem é a causa primária de tudo e é religião quando ensina que "Fora da caridade não há salvação".
Acreditamos não ser demais registrar aqui que: "O Espiritismo cresce porque leva o homem ao estudo, ao raciocínio e á prática dos ensinamentos evangélicos e que: O Espiritismo é fortaleza, segurança, equilíbrio, paz, convicção, orientação, prudência, serenidade, solidariedade, trabalho e, para os que o negam, (ou confundem com outras doutrinas) convinha, por obrigação e dever de todos, estudá-lo para poderem falar de um assunto com conhecimento próprio e inclusive contradizê-lo".
Pretender esconder os benefícios que o Espiritismo tem dado para o aperfeiçoamento e progresso do homem é a mesma coisa que querer esconder a luz solar com uma peneira.
Poderemos voltar um pouco à história e lembrar que Moisés, no cumprimento de sua tarefa, conseguiu abrandar os rudes costumes do homens da época, fazendo reinar entre eles a lei da justiça. Jesus com sua bondade trouxe através da exemplificação ensinamentos que calaram fundo nos corações humanos. O Espiritismo, sendo a Terceira Revelação, vem nos trazer a verdade do Espírito. Ele é a semente latente que brota no solo arado pelo rude "Olho por olho, dente por dente" e adubado pelas leis do Amor do Mestre dos mestres para esclarecer a Humanidade sequiosa por estes ensinamentos.
Porém, caro leitor, se você não conseguir esclarecer todos aqueles que vivem dividindo a Doutrina Consoladora não se preocupe com sua integridade. Acredite em Kardec que certa feita disse: "O Espiritismo sobreviverá com os homens, sem os homens e apesar dos homens".
Livro: "Reflexos das Atitudes" Ed. Espírita Mensagem de Esperança
Boletim Informativo Mensal do Grupo Espírita Redenção
PUBLICADO POR SÉRGIO RIBEIRO às 16:11

LINK DO POST | COMENTAR | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 25 de Março de 2011 às 23:44
SUICIDIO E LOUCURA

SITE DE UM MÉDICO PSIQUIATRA)

http://naocometasuicidio.blogspot.com/

Suicídio e Loucura (*)
Era jovem professor e já me atrevia a fazer algumas palestras. Como dominava o conteúdo das doenças infecciosas, pois já tinha feito pós-graduação, procurava falar sobre esses assuntos. Houve um período em que a Hanseníase ganhou o seu lugar e no movimento espírita do Rio discutia-se “doenças kármicas”. Um pequeno texto, que enviei para o jornal O Globo, acabou virando editorial de uma revista de Patologia Clínica. Fez até parte do pronunciamento do Deputado Elias Murad. PTB-MG, Assembléia Nacional Constituinte na Câmara.(1)
Esses acontecimentos nos envernizaram o ego, que já brilhava intensamente após o doutorado. Como somos tolos! Pensamos que sabemos tudo, até de mediunidade, e ficamos perplexos diante de situações inusitadas. Foi assim que me senti. Quase no final da palestra, após ter combatido o estigma da lepra e afirmado com veemência que “Hanseníase Tem Cura”.
A senhora que estava sentada na primeira fila, mediunidade bem trabalhada, não conseguiu resistir ao espírito e através da comunicação oral, em choro convulsivo, ele exclamou: “Eu não sabia que hanseníase tinha cura, foi por isso que me suicidei!
Aquela cena não me saiu mais da retina. Hoje volto ao tema inspirado pelas revelações de Yvonne Pereira no Terceiro Congresso Espírita Brasileiro, abril de 2010.
Quando abrimos O Evangelho Segundo o Espiritismo (ESE) e estudamos “O Suicídio e a Loucura” vemos que o preservativo da razão é a serenidade e que as idéias materialistas (venenos) são excitantes ao suicídio.(*) É por isso que “não estou nem aí” para os que acham que fundar um Núcleo Espírita Universitário foi uma idéia elitista. “Os Homens de ciência devem se apoiar na autoridade do seu saber para procurar provar aos seus ouvintes, ou aos seus leitores, que eles têm tudo a esperar depois da morte, no novo estilo de vida.” Coloquei aspas porque fiz interpretação livre do item 16, do capítulo V, do ESE.
O item 20, do mesmo capítulo, fala do “dever do espírita de participar da vulgarização (divulgação) do Espiritismo, a luz sagrada que já começou a realização da regeneração do próprio divulgador.”
Yvonne Pereira nos fala do aumento do número de suicidas. A Universidade do Estado do Rio de Janeiro tem esse “espinho na carne”. No Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro do ano passado organizou Seminário (2), que nós espíritas divulgamos.
Naquela palestra, o suicida pode expressar toda a sua dor e decepção. Ficamos de sai justa no primeiro momento, fomos apanhados de surpresa, No entanto, a platéia emocionada e em silêncio colaborou no “pronto socorro” que a direção da Casa lhe proporcionou.
Quantos por ignorância não estão chegando desta maneira aos cuidados de Yvonne? Que possamos cumprir o “dever de participar na vulgarização do Espiritismo.” Foi por isso que escrevi para determinada população-alvo o artigo: “Entendendo a Dor (e a Reencarnação), com Finalidade Pedagógica. Vai e não peques mais” (3).
(*) http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/es/es-05.html#es5a6
(1) http://www.jornaldosespiritos.com/2007.3/col49.44.htm
(2) http://espirinet.blogspot.com/2010/08/seminario-sobre-prevencao-do-suicidio.html
(3) http://temporecord.wordpress.com/2010/01/09/vai-e-nao-peques-mais/

Comentar post

.MAIS SOBRE MIM

.PESQUISAR NESTE BLOG

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27

.POSTS RECENTES

. FÉ RACIOCINADA

. COISAS TERRÍVEIS E INGÊNU...

. CAIM FUNDOU UMA CIDADE SE...

. OS HERÓIS DA ERA NOVA

. CONFLITOS E PERFEIÇOAMENT...

. GRATIDÃO: UM NOVO OLHAR S...

. PERDÃO DE DEUS

. A FÉ: MÃE DA ESPERANÇA E ...

. NO CRISTIANISMO RENASCENT...

. EM PAUTA – A TRISTE FESTA

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds